Buscar
  • PIBBC

O que você entende por deserto?

No último Culto de Mulheres, logo no início da mensagem, nossa irmã Fernanda nos trouxe um questionamento: o que você entende por deserto?


Eu morei num país no deserto. Lembro de um dia andar de carro pelas estradas, cercada pelo deserto por todos os lados. Pra qualquer lugar que olhava, somente areia e o calor queimando. Íamos fazer um passeio no meu dia de folga: um jantar observando as estrelas.


No caminho, no meio do deserto, podíamos perceber a falta de vegetação, a falta de vida. O sol ardendo na pele. Sentíamos a solidão da falta de cidade e de população. Sem um pasto pra descansar, sem água para beber, quem se aventuraria a morar no meio do deserto? Não, deserto era só lugar de passagem...


Mas aí chegamos ao local do acampamento. A noite caiu e a temperatura refrescou um pouco. E olhamos para o céu. Ah, o céu... No meio do nada, o céu escuro se revelava cheio de cores e fantasias.


Podíamos observar constelações e planetas que só conhecíamos pelos nomes nos livros. Tão distantes, ali, sabíamos que eles existiam! O deserto à noite é ainda mais assustador. Mas o céu, neste deserto escuro, nos revelava a grandeza de Deus e Seu cuidado. Ele sabe o nome de cada uma daquelas ... bilhões de estrelas. E ali, deitada sobre a areia no meio do nada, eu sabia que Deus também conhecia meu nome.


Então, quando ouvi a pergunta da Fernanda no culto das mulheres, lembrei desta cena e pensei que no deserto, principalmente quando ele está escuro, o que podemos fazer de mais seguro é olharmos para o céu.


Se eu olhar para o lado, se eu olhar para a circunstância, eu terei medo, pavor. Mas se eu olhar para o céu, se eu me lembrar Daquele que me conhece e nunca dorme, eu me sentirei absorta pela magnitude e grandeza de Deus.


Porque o dia sempre vem depois da noite. E o deserto sempre acaba... Aquele acabava no mar... na abundância das águas de um oceano todo...




Por Taty Loidi

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo