Buscar
  • PIBBC

Você tem uma nova vida

A Salvação tem duas partes: "Dar-vos-ei um coração novo e porei em vós um espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei um coração de carne" (Ez 36:26).

Deus removeu seu velho coração quando os seus olhos foram abertos e o arrependimento tomou conta do seu coração; ele te dá um coração novo quando te une à vida de Cristo. É por isso que Paulo pode dizer "considerai-vos mortos para o pecado" e "vivos para Deus em Cristo Jesus" (Romanos 6:11).

Por nosso mérito? Não! De modo algum. Essa substituição cardíaca só foi possível porque o Deus unigênito se fez homem. O Incorruptível submeteu-se a um corpo corruptível e temporal, o Autor da Vida se submeteu a morte. O Santo se fez pecado em nosso lugar.

Creio que não temos a menor ideia do que representou esse descer ao nosso encontro. Esvaziou-se de sua glória divina para ser um de nós. A Encarnação do Cristo foi de longe a descida mais humilhante que se registrou em todos os tempos. Porém, o Autor da Vida não poderia ser retido pela morte, mas em triunfo ressurge em Sua gloriosa ressurreição. Na eternidade o Senhor Jesus estava convicto de sua missão por amor a Sua criatura, como descreve C.S. Lewis, Ele é a figura de “um mergulhador, primeiro se despindo, depois olhando para o ar e por fim atirando-se, desaparecendo, precipitando-se através da água verde e cálida para aquela negra e fria, cada vez mais para baixo, sob uma pressão sempre crescente, até chegar à região funérea de lodo, limo e decadência. A seguir ele volta, volta à cor e à luz, com os pulmões quase arrebentando, até que surge à superfície, tendo nas mãos o objeto precioso, gotejante, que foi buscar lá embaixo” esse objeto precioso é a natureza humana, agora resgatada, trazida à tona para uma realidade totalmente nova, esplêndida e eterna junto de Seu Criador.


A Ressurreição é esse retorno de um inimaginável mergulho que confirma a promessa que Cristo fez. Pois ela representa a vida que Ele se ofereceu para nos dar: "Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância" (João 10,10). Somos salvos por sua vida quando descobrimos que somos capazes de viver da maneira que sempre soubemos que deveríamos viver. Somos livres para ser o que ele quis dizer quando nos fez. Você tem uma nova vida – a vida de Cristo. E você tem um novo coração. Você sabe o que isso significa? Agora diante de Deus, você é um Santo em Cristo. Por meio de Cristo, agora o Seu coração é bom – um coração novo e um espírito novo.

Agora em Cristo você é aceito.

(Citação: C.S.Lewis. Milagres p. 90. Editora Vida)







Por Márcio Jung

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo