Buscar

Jesus está nisso?

Temos que lembrar, pessoal, que não importa quão promissora uma ideia pareça, se Deus não está nela, você também não quer estar nela. Isso vale para um relacionamento, mudança de carreira, compra ou venda de uma casa, até mesmo algo tão simples como férias. Nós só queremos aquilo em que Jesus está; nós só queremos o que nosso Pai está dando.


O teste chave para este momento não é apenas “eu te dou minha fidelidade, Jesus”, mas também “eu só quero o que você está fazendo”.


E o que Jesus está fazendo agora?


Ele está tentando garantir uma vida feliz para todos no planeta?


Ou ele está tentando preparar cada coração e alma humanos para seu retorno repentino e surpreendente? Somente o retorno de Jesus trará a cura deste planeta quebrado.


Quando Jesus diz coisas como “Não se assustem”, “Não se perturbe o seu coração” e “Cuide para que o seu coração não fique sobrecarregado”, ele está supondo que desempenhamos um papel ativo na proteção de nossos próprios corações. Somos nós que escolhemos não permitir que nossos corações sejam tomados pelo medo ou pela tristeza. Certamente está em nosso poder escolher a que entregamos nossos corações. A rica experiência de Deus vir até nós, falar conosco e agir em nosso favor pode nos levar a acreditar que tudo depende dele. Mas este não é o caso.


Onde estamos investindo a nossa vida? Devemos ter certeza de que esta parte terna do nosso coração pertence a Jesus.


Traduzido do Livro: Resilient – Restoring your weary soul in these turbulent times – John Eldredge.






Por Márcio Jung

0 visualização0 comentário