Buscar
  • PIBBC

O REFLEXO DE JESUS

Isaías é o homem que tinha lábios impuros quando chegou à presença de Deus e viu a sua glória, os seus serafins de seis asas - duas para cobrir os olhos, duas para cobrir os pés e duas para voar - e que com a antecedência de setecentos anos profetizou o nascimento de Jesus: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Is 9.6). Esteve à frente de um povo de dura cerviz e tanto ele como os demais profetas que o Senhor levantou, no Antigo Testamento, viveram em constante agonia pelo pecado de Israel!


No Novo Testamento, as coisas não foram mais fáceis, tanto pela perseguição à Igreja que acontece até hoje, como pela rebeldia intransigente do homem. Mas, mesmo com todo o sacrifício, os valorosos servos do Deus Altíssimo também estabeleceram uma extensa galeria de Heróis da Fé, homens que revolucionaram o mundo pelo poder do Espírito Santo, no intuito de obedecer a ordenança do Senhor de levar o evangelho de Jesus Cristo e a salvação dos homens, até os confins da terra.


Entre eles, está D.L Moody, considerado um dos maiores pregadores do século XIX, um homem simples, de escolaridade mínima e que mesmo com os erros gramaticais que cometia, foi um fenômeno em atrair grandes multidões. Apesar deste pormenor, que hoje desqualificaria qualquer pregador, a primeira vez que saiu dos Estados Unidos ainda bem jovem, foi para pregar na Universidade de Cambridge, a mais importante universidade da Inglaterra.


Comenta-se que o reitor da renomada entidade, de quem se tornou amigo até o fim da sua vida, costumava dizer que Moody não tinha estudado grego, hebraico e nem mesmo o inglês, que era a sua língua natal, mas que não havia mais ninguém com a capacidade de alcançar jovens de todas as classes, estudantes, professores e o povo como ele!


Realmente, D.L. Moody foi um dos grandes avivalistas do séculos XIX.


Há uma história bastante conhecida, de um prisioneiro de alta periculosidade que um dia recebeu da família um pão embrulhado num jornal, com um sermão de Moody publicado numa das páginas. O relato é que o homem ficou tão impressionado com o sermão que sozinho ali na sua cela, aceitou Jesus como Senhor e Salvador da sua vida, convertendo-se ao evangelho.


Mas, nada disso chegaria ao conhecimento público se este homem, que teve a sua pena reduzida por bom comportamento, ao sair da prisão não tivesse procurado Moody que o incentivou a ingressar para um seminário teológico e estudar. Para a honra e glória do nome do Senhor, depois de algum tempo, o ex criminoso transformou-se em um grande pregador e uma das maiores colunas do ministério do evangelista, permanecendo com ele até a sua morte.


Outro fato importante aconteceu na antiga União Soviética, quando os primeiros ventos da abertura política começavam a soprar e um avivamento espiritual se espalhou por todo o país, causando perplexidade às autoridades, pela simples razão de toda a literatura cristã ter sido destruída, há mais de cinquenta anos. Como aconteceu?


A resposta foi ainda mais surpreendente, pois apesar do esmerado cuidado para erradicar a fé cristã, ninguém se lembrou de destruir os livros de Tolstoi e Dostoievski, os dois maiores escritores russos cristãos de todos os tempos, que viveram por volta de 1800 e cujas obras até hoje fazem parte da lista das mais lidas e procuradas da Literatura Universal, cujo principal protagonista é Jesus Cristo. Glorificado seja o nome do Senhor!


Maranata, ora vem Senhor Jesus!



Rosa Helena M. R. de Camargo

Revisoras: Beatriz Ern e Sol Carvalho

9 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
LOCALIZAÇÃO

Rua Dom Luiz, 619 - Vila Real Balneário Camboriú/SC 

88337-100

FALE CONOSCO

(47) 3361-1260

pibbc@hotmail.com

  • Facebook Igreja Batista em Balneário Camboriú
  • Instagram Igreja Batista em Balneário Camboriú

© 2019 por PIBBC